3ª oficina do Pequeno Cidadão desperta olhar crítico de crianças e adolescentes



A-



A+

Projeto busca conscientizar dez menores do abrigo Fundação Fé e Alegria sobre cidadania e educação socioambiental


Foto feita na Praia do Canto – Canto do Imã, onde a beleza da natureza ao fundo contrasta com a destruição à frente

A cada etapa do Pequeno Cidadão uma nova descoberta. Na terceira oficina do projeto, realizada na manhã desta quinta-feira (31/01), as crianças e os adolescentes desenvolveram de vez a consciência crítica. O registro fotográfico foi feito no Canto do Imã e na Praça dos Desejos, na Praia do Canto, pontos da cidade que mesclam a beleza do mar ao fundo, mas ao mesmo tempo estão malcuidados. Os olhares atentos, curiosos e repletos de criticidade não deixaram nada para trás.

Entre uma foto e outra, uma pausa para comentários como “Olhem a calçada quebrada”. “Vejam, um quiosque sujo no meio da praça e com cheiro de xixi. No meio ainda há uma árvore com guimba de cigarros. Poderia ter flores”, refletiu a menina Carolina, de 15 anos. (nome fictício). Já o menino Ícaro, 14 anos, (nome fictício) observa atentamente. “Uma diferença grande entre um lado e o outro. A praça está sem vida, sem flores”.

Na hora do lanche, nada de descanso. A consciência ambiental aprendida no projeto já faz parte do dia a dia desses “pequenos cidadãos”. O jovem Júnior mal acabou de comer e o amigo Rogério (nomes fictícios) não perdeu tempo e falou: “Você deixou o pacote de biscoito vazio no chão e não no lixo”, comentou.

Foi nesse clima de muito aprendizado e descontração que as atividades da manhã se encerraram com uma grande brincadeira de rodas e um abraço coletivo. Antes, às 8 horas, na Escola Judicial do TRT-ES, os adolescentes participaram de dinâmicas com relaxamento e música, quando foram trabalhados a consciência corporal, ritmo, desinibição, valorização do outro, alegria e integração de grupo.

Objetivo do Projeto

O Projeto Pequeno Cidadão vai conscientizar dez menores do abrigo Fundação Fé e Alegria sobre cidadania e educação socioambiental, além de contribuir para a descoberta de potenciais, valorização de capacidades profissionais, elevação da autoestima e inserção social. Durante quatro meses, os alunos participarão de oficinas de fotografia, desenho, literatura, pintura e teatro.

Parceiros

O Projeto Pequeno Cidadão é desenvolvido pelo TRT-ES, por meio da Comissão de Responsabilidade Socioambiental, em parceria com o Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES) e conta com o apoio da Associação dos Servidores da Justiça do Trabalho no Estado do Espírito Santo (Ajustes), da Unimed Vitória, da CTA – Serviços em Meio Ambiente, e da Biomassa Consultoria Ambiental.
A CEF e BB estão contribuindo com o lanche das crianças nas oficinas.

Como contribuir

Ainda dá tempo de contribuir. A Comissão de Responsabilidade Socioambiental arrecadou um total de R$ 4.418,00, além de materiais para serem usados durante as oficinas. Mas ainda precisa de apoio financeiro para o coquetel no dia do encerramento, que será realizado em 12 de abril de 2013. Interessados em contribuir devem fazer o depósito na conta da Ajustes – cc 100-0, ag 3993, op 003, Caixa Econômica Federal, CNPJ 35.963.792/0001-84 – e enviar um e-mail para ambiental@trtes.jus.br, informando o nome e a quantia depositada.

Datas das atividades do Projeto
– 16, 23 e 31 de janeiro
– 06, 20 e 27 de fevereiro
– 06, 13 e 20 de março
– 03 de abril

Horário das oficinas

Das 8 às 11 horas

Comissão de Responsabilidade Socioambiental

Fonte: Portal do TRT-ES

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Precisa de ajuda?