Pequenos Cidadãos brincam de profissionais por um dia para melhorar pontos degradados de Vitória



A-



A+

As diferentes profissões foram fortes aliadas nas atividades do Projeto Pequeno Cidadão desta quarta-feira (27/02). Para ajudar a refletir sobre como melhorar pontos ambientais e turísticos da cidade de Vitória, as crianças e os adolescentes escolheram uma profissão e, em seguida, foram questionadas sobre o que fazer para transformar a cidade na visão do profissional.

 

Para realizar a dinâmica, a autora do projeto, a servidora do TRT-ES, Consuelo Pagani, fez uma breve explicação sobre as diferentes profissões existentes e relacionadas com os temas abordados no projeto. Com tinta guache, lápis de cor, giz de cera e cartolina, os “ambientalistas”, “fotógrafos”, “jornalista”, “paisagista” e “arquiteto-urbanista” recriaram os pontos ambientais e turísticos danificados com base nas fotos tiradas nas oficinas anteriores.

Em seguida, quando questionados sobre o que fazer para melhorar aqueles espaços da cidade, os “pequenos cidadãos” foram incisivos. “Colocar animais nos parques”, “flores nos canteiros abandonados” e “lixeiras de coleta seletiva” foram apenas algumas de outras diversas soluções apresentadas.

Na foto da matéria, Bruno utiliza cores vibrantes para reconstruir um canteiro da Praça dos Desejos com terra batida e grama seca. Para atingir o seu objetivo, o projeto vai ganhando, gradativamente, novo direcionamento: “Este momento instiga-os não só para a consciência crítica, mas também a refletir sobre uma profissão, já que são jovens e, em breve, entrarão no mercado de trabalho”, afirmou Consuelo.

Num outro momento, será feita uma exposição em local público para despertar a atenção de autoridades e da população sobre a importância de ter uma cidade limpa e bem conservada.

As oficinas fotográficas anteriores foram realizadas, respectivamente, na Praça da Ciência, numa Praça da Enseada do Suá perto da 3ª Ponte, e no Canto do Imã e na Praça dos Desejos, em Vitória.

Confira algumas fotos do projeto aqui.

Objetivo do Projeto

O Projeto Pequeno Cidadão tem como objetivo conscientizar dez menores do abrigo Fundação Fé e Alegria sobre cidadania e educação socioambiental, além de contribuir para a descoberta de potenciais, valorização de capacidades profissionais, elevação da autoestima e inserção social. Durante quatro meses, os alunos participarão de oficinas de fotografia, desenho, literatura, pintura e teatro.

Parceiros

O projeto é desenvolvido pelo TRT-ES, por meio da Comissão de Responsabilidade Socioambiental, em parceria com o Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES) e conta com o apoio da Associação dos Servidores da Justiça do Trabalho no Estado do Espírito Santo (Ajustes), da Unimed Vitória, da CTA – Serviços em Meio Ambiente, e da Biomassa Consultoria Ambiental. O lanche desta oficina foi oferecido pelo Banco do Brasil.

Como contribuir

Ainda dá tempo de contribuir. A Comissão de Responsabilidade Socioambiental arrecadou um total de R$ 4.418,00, além de materiais para serem usados durante as oficinas. Mas ainda precisa de apoio financeiro para o coquetel no dia do encerramento, que será realizado no dia 12 abril de 2013.

Interessados devem fazer o depósito na conta da Ajustes – cc 100-0, ag 3993, op 003, Caixa Econômica Federal, CNPJ 35.963.792/0001-84 – e enviar um e-mail para ambiental@trtes.jus.br, informando o nome e a quantia depositada.

Datas das atividades do Projeto

– 16, 23 e 31 de janeiro
– 06, 20 e 27 de fevereiro
– 06, 13 e 20 de março
– 03 e 12 de abril

Horário das oficinas

Das 8 às 11 horas 

Texto e foto: Cristiane Bloise.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Precisa de ajuda?