Entrevista: Almir Forte

A- A+

“Eu acredito na humanidade. O homem nasceu pra ser bom… alguns se perderam e começaram a fazer coisas ruins, mas eu sei que ainda vamos ter um futuro brilhante”.

Essa frase até poderia ter saído de algum importante livro de romance ou fantasia. Entretanto, o dono dessas palavras é o homem mais importante na vida da esposa Marlene, dos seus dois filhos, Sérgio e Carlos José e das duas netas, Sofia e Catarina.

Almir e Marlene, sua esposa

Almir Forte, técnico judiciário na no CITFOR de Cachoeiro de Itapemirim, é um entusiasta das ciências humanas e aplica os seus conhecimentos na vida. Prova disso é sua extensa carreira profissional e política. No final dos anos 80, o colega, após trabalhar na Viação Itapemirim e ter sido repórter de um jornal semanal da prefeitura do município, foi eleito vereador da cidade. Foi reeleito para o cargo e ficou até os 2000.

Apesar de não ter concluído o curso de ciências sociais, foram estes alguns dos conhecimentos que o guiaram nesta jornada. Almir chegou a ter o cargo de secretário de ciência e tecnologia de Cachoeiro. Olha a moral do cara!

Completando 10 anos de TRT-ES em 2022, o colega formou-se em Direito desde 2005 e logo que fez o concurso para o Tribunal pela primeira vez já foi aprovado. Quando perguntado sobre as suas funções, o colega é enfático. “Trabalho com pessoas maravilhosas. Somos só três servidores no setor mas ali tem muita parceria”, afirma.

O colega perdeu o pai aos 5 anos de idade mas, sem dúvida, de onde ele estiver, deve estar cheio de orgulho. Junto com a sua mãe, os dois eram lavradores. Só desse resumo dá pra entender que o trabalho digno está no sangue do associado.

Agradecemos ao Almir pela entrevista e desejamos tudo de melhor para ele, sua família e amigos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Chat aberto
Precisa de ajuda?