Associados aprovam medidas que ampliam serviços da Ajustes e geram economia para os servidores



A-



A+

Durante assembleia, associados aprovaram a devolução aos associados dos valores pagos de INSS no plano de saúde da Unimed

A assembleia geral da Ajustes, realizada no dia 20 de abril, aprovou a devolução aos associados de valores recolhidos em juízo referentes às contribuições previdenciárias do contrato da Unimed, a atualização da contribuição mensal da Associação e a modificação no estatuto para que não haja limites na quantidade de mandatos exercidos pelos presidentes da instituição.

Um dos pontos de pauta debatidos durante a assembleia é fruto da proatividade dos diretores da Ajustes. Trata-se da devolução aos associados da contribuição previdenciária do contrato da Unimed. O valor deixará de ser cobrado após decisão da Justiça Federal. Os valores pagos desde o início do contrato serão ressarcidos aos associados e a Associação está estudando a melhor maneira de fazer a devolução.

Em março de 2015 a Ajustes ajuizou uma ação contra a União Federal para suspender o recolhimento de contribuição previdenciária à Receita Federal relativa ao contrato que a Associação possui com a Unimed. Os valores depositados em juízo, desde então, serão liberados em breve e devolvidos aos associados, e as faturas do plano terão redução no valor. Uma parte será devolvida em forma de precatórios ainda sem previsão de pagamento. Saiba mais sobre a vitória na Justiça Federal.

Economia

A Ajustes adota medidas de racionalização dos seus gastos, com ações como a melhoria do sistema de ar-condicionado para um menor gasto de energia. Além disso, os serviços oferecidos aos associados têm sido ampliados e qualificados com o oferecimento de planos de saúde e odontológico da Unimed, eventos de promoção da saúde, culturais e de lazer, cursos, concursos, convênios variados de telefonia e várias áreas, entre outros serviços.

A proatividade dos diretores da Ajustes tem resultado em benefícios para os associados, inclusive financeiros. Foi assim na negociação com a Unimed que definiu o reajuste do plano. Além de o aumento ter sido reduzido para menos da metade do que o plano de saúde queria (14%), o reajuste de 6,65% também ficou abaixo da inflação de 8% do período (IPCA). O sucesso nas negociações garantiu mais de R$ 600 mil em economia para os usuários. Saiba mais sobre esse benefício.

“A contribuição mensal dos associados tem se revertido, cada vez mais, em benefícios e serviços qualificados, o que é possível graças ao empenho da diretoria que tem buscado novidades e redução dos gastos para a Ajustes e para os servidores”, disse o 1º tesoureiro da Associação, Valdir José de Sousa.

Contribuição

Durante a assembleia a direção da Ajustes explicou aos associados que a arrecadação atual não está cobrindo os gastos fixos da Associação e que a elevação do índice de desconto para a mensalidade da Associação sobre o salário base, que não aumenta desde 2006, de 0,6% para 0,8%, tornará o saldo das contas positivo. Além disso, a redução na mensalidade da Unimed, por conta da vitória na Justiça, torna o reajuste, aprovado pelos associados, menos impactante.

Foi salientado, ainda, que a mudança representará, em média, reajuste de R$ 9,46 mensais para os servidores, sendo que ninguém terá elevação da contribuição maior que R$ 13,91 ou menor que R$ 2,83. Os magistrados que aderiram ao plano de saúde Unimed por meio de um acordo entre a Ajustes e a Amatra terão suas mensalidades pagas à Associação reajustada de R$ 50,00 para R$ 80,00.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Precisa de ajuda?